Entrevista – Alex Vieira

Prego é uma antologia anual de quadrinhos autorais, um selo editorial, um espaço de arte sediado em Vila Velha e um estúdio de criação gráfica. Alex Vieira é a cabeça hiperativa por trás destes projetos, além de ser vocalista e guitarrista da banda punk Morto Pela Escola, e marcará presença no Ugra Zine Fest em pelo menos 3 atividades: a palestra “Prego no Brasil e no Mundo”, o debate “Estratégias de Viabilização para o Quadrinho Independente” e o show de encerramento do evento.

Aproveitando o lançamento da sexta edição da revista (a aguardada “edição drogada”), mandamos algumas perguntinhas para o cabra.
.
Alex Vieira
.

Ugra Press – Você já esteve em pelo menos duas ocasiões divulgando a Prego fora do país: uma vez em Portugal, na Feira Laica, e outra nos Estados Unidos, durante a turnê do Merda. Que retorno você teve dessa divulgação? Os gringos estão interessados no quadrinho independente brasuca?
Alex Vieira – Eu também já tinha ido antes para a Argentina e Uruguai divulgar a revista. Apesar de não ter marcado nada nesses países, deixei a Prego em lojas, fiz trocas e também conheci pessoas. Sobre Portugal, já estava rolando o contato com o Marcos da Chili com Carne há um tempo e ele sempre falava sobre a feira. Acho que tivemos um ótimo retorno da cena de lá, durante e depois do evento. Pessoas de Portugal passaram a me escrever pedindo a revista, querendo participar e perguntando sobre os autores nacionais. Inclusive na Prego #6 temos vários colaboradores de lá. Nos Estados Unidos eu levava a revista em shows, lojas e espaços culturais e notava que as pessoas se interessavam muito e de cara já queriam comprar. Conheci gente que fazia zines e quadrinhos, mas teve gente que falou que era muito difícil de entender mas que gostaria muito de ler, então achei legal essa edição ter legendas em inglês. A cada dia tenho

UP – Você acaba de lançar o sexto número da revista Prego. Além de ser o mais numeroso em páginas, é também o primeiro número a incluir legendas em inglês para as histórias. Qual sua expectativa em relação a essa iniciativa?
AV – Vou fazer um teste ainda esse ano, vou visitar outros países e vou levar a revista nova. Mas já acredito que teremos mais espaço dessa vez.

UP – Considerando a quantidade de gírias, palavrões e expressões idiomáticas contidos nas histórias, foi muito difícil fazer essa tradução?
AV – Alguns quadrinhos tivemos que pedir para o próprio autor cuidar da tradução. Além disso, a Raquel Pontes (tradutora) fez um ótimo trabalho de pesquisa e se preocupou bastante com essa parte.

UP – Além dos títulos lançados sob o selo Prego, atualmente você mantém também uma loja / espaço de arte. O quadrinho independente no Brasil finalmente tornou-se algo viável? O que ainda falta melhorar?
AV – É sempre uma aposta e a gente tem que ir trilhando vários caminhos pra tentar viabilizar a coisa toda. Conto com a ajuda de muita gente! Não acredito somente no lance do “quadrinho independente”, a idéia do Espaço de Arte da Prego é sempre mesclar outras formas de arte com os quadrinhos. No espaço tem de tudo: camiseta, disco, quadrinho, livro, gravura, poster, dvd e por aí vai. Além de rolarem lançamentos e exposições num espaço muito pequeno. Todo mundo faz você acreditar que é algo inviável, pois realmente é muito mais fácil optar pelo senso comum. Falta muito pra melhorar, na verdade, acho que as pessoas que gostam qualquer tipo de arte devem visitar as exposições, irem nos espaços, sugerirem coisas, apoiarem e participarem mais da idéia. Mas acho que tem melhorado muito.

UP – Fale-nos sobre o Morto Pela Escola. O que está rolando para os lados da banda hoje e o que podemos esperar do show no Ugra Zine Fest?
AV – O Morto Pela Escola está na atividade e acaba de lançar um EP com a nova formação e já está preparando um outro lançamento. Mudamos um pouco o formato da banda, agora além dos vocais estou tocando guitarra. Nesse show, nosso baterista oficial será substituído pelo nosso amigo Guido Imbroisi, parceiro na Revista Prego e outros projetos musicais de longa data! Podem esperar um show fora do convencional!
.
Revista Prego

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s